Mitologia Grega
.Urano - Na mitologia grega, a figura imponente deste deus, era a personificação do céu, encarnava o impulso fecundante primário da natureza. Urano é o deus do firmamento na mitologia grega. Segundo a Teogonia, de Hesíodo, Urano foi gerado por Gaia (a Terra), nascida do Caos original e mãe também das Montanhas e do Mar. Da posterior união de Gaia com Urano, nasceram os Titãs, os Ciclopes e os Hecatonquiros. Por odiar os filhos, Urano encerrava-os no corpo de Gaia, que lhes pediu que a vingassem. Só Cronos , um dos Titãs, lhe atendeu. Com uma harpe (cimitarra), castrou Urano quando este se uniu a Gaia. Das gotas de sangue que caíram sobre ela nasceram as Erínias, os Gigantes e as Melíades (ninfas dos freixos). Os testículos decepados flutuaram no mar e formaram uma espuma branca, de que nasceu Afrodite, a deusa do amor. Com seu ato, Cronos separara o céu da Terra e permitira que o mundo adquirisse uma forma ordenada. Na Grécia clássica não havia culto a Urano. Este fato, aliado a outros elementos da narrativa, sugere uma origem pré-grega. O uso da harpe indica fonte oriental e a história apresenta semelhança com o mito hitita de Kumarbi. Em Roma, Urano foi identificado com o deus Céu.

menu de Deuses

Adonis
Afrodite
Anteros
Apolo
Ares
Aristeu
Artémis
As Moiras
Asclépio
Atena
Atlas
Deméter
Deucalião
Dionísio
Eolo
Erínias
Géa
Gorgonas
Graças
Hades
Hebe
Hefaestos
Hélios
Hemafrodito
Hera
Hermes
Héstia
Himeneu
Hípnos
Íris
Medusa 
Nêmesis

Nikê
Nix
Orfeu
Pan
Pandora
Perséfone
Poseidon
Priapo
Prometeu
Proteu
Psique
Selene
Sereias
Tânatos
Urano
Zeus